Home / Cálculos Financeiro / 6 Dicas de Como obter Financiamento para Startup

6 Dicas de Como obter Financiamento para Startup

As startups são empresas em fase inicial de negócios e que contam com projetos promissores, ligados à tecnologia, pesquisa, investigação e desenvolvimento de ideias inovadoras. Para dar início a suas atividades, buscam novas oportunidades de investimento para se manter e também crescer.

Possui risco envolvido no negócio, tem baixos custos iniciais e expectativa de crescimento grande.

Se você tem vontade de empreender e ter o próprio negócio, é possível que já tenha tido uma grande ideia para uma nova empresa ou startup. Mas, depois desta grande ideia, o que fazer para tirá-la do papel?

Confira 6 Dicas de Como obter Financiamento para Startup

1 Investidores Anjos

Um investidor anjo é uma opção de financiamento atraente para startups que são muito pequenas para atrair capitalistas de risco.

De modo geral, os investidores anjos são indivíduos de alto patrimônio líquido que geralmente contribuem com mais do que capital. Eles geralmente têm conhecimento e muitos contatos relacionados ao setor que estão investindo.

Esse tipo de investidor pode ajudar a sua empresa contribuindo com informações comerciais e conselhos e, geralmente, fazem suas escolhas baseadas em seus interesses pessoais e menos em análise de mercado.

Por isso, se a sua ideia é boa, comece a ampliar o seu networking e prepare uma boa apresentação sobre o seu negócio e atrair um anjo investidor.

2 Investimento coletivo (crowdfunding)

o objetivo é reunir diversas pessoas que possam colaborar com pequenas quantias e, assim, viabilizar uma ideia, um negócio ou um projeto, recebendo, ou não, uma contrapartida por isto. É uma forma rápida e relativamente simples de captar valores para a execução de uma ideia ou projeto de apelo popular, com uma baixa contrapartida.

3 Capital de Risco

São fundos criados para investir em soluções inovadoras que possuam potencial para se tornarem escaláveis. Os administradores dos recursos admitem a possibilidade de o negócio impulsionado naufragar e não reverter o lucro esperado. Eles também cogitam uma futura compra da startup. É indicado a empresas em um estágio mais avançado de organização, capacitadas para aplicar os valores investidos com eficácia.

4 Inscreva seu projeto em editais públicos

Por fim, nossa última dica para conseguir financiamento para startup é procurar um edital público. Essa opção, entretanto, só é válida se o seu projeto garantir algum retorno positivo para a sociedade.

Se a sua ideia contempla ações educativas ou de combate a desigualdade, por exemplo, você pode passar por um processo de seleção e receber bolsas e subsídios do Governo.

5 Aceleradoras

As aceleradoras começaram a surgir no Brasil por volta de 2011 e, desde lá, elas têm oferecido um ambiente promissor para o desenvolvimento de startups.

O principal objetivo dessas organizações é oferecer ferramentas para as empresas se desenvolverem até o seu ponto de sustentabilidade.

Por esse motivo, elas oferecem aconselhamento, orientação e várias formas de suporte para empresas na fase de inicialização, atuando como uma espécie de campo de treinamento.

Simplificando, o papel principal das aceleradoras é identificar, apoiar e investir no rápido crescimento das  startups.

6 Poupança

É a fonte ideal para se iniciar uma startup. Assim, o empreendedor reduz o risco das dívidas em bancos e nem precisa prestar contas a investidores, garantindo maior autonomia no trabalho. O fôlego para o negócio, porém, pode ser limitado.

Leia também nosso artigo sobre O Que é PIX ? Saiba Agora Como Funciona esse Novo Sistema.

Check Also

Educação Financeira

Educação Financeira: Dicas e Conselhos para Gerar Riqueza

A educação financeira pode ser o melhor caminho para enriquecer e formar um patrimônio consistente …

Deixe uma resposta